James Dean – Velocidade, Motores e Rebeldia

Foto de Flickr

A personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 1950

James Dean, ídolo de temperamento regado a fortes sentimentos, atos inquietos e atitudes inconstantes.

Amante da velocidade, nos remete a cores como o prata, o grafite e o gelo. Cores de seu carro, de sua moto e da sua relação com o asfalto. Desta sua paixão pelos motores brotam em nós o brilho e a irreverência do vinil e do couro sintético.

Da sua rebeldia brota o índigo, em texturas bruscas. Do seu coração amargurado resgatamos o couro negro da jaqueta Perfecto. Figura texana, personagem de “Assim Caminha a Humanidade”, nos remete aos tons da terra, mostrados em texturas agrestes e em fibras naturais, tais como o linho, a lã e o algodão. Do menino triste, carente que mora “A Leste do Éden”, resgata-se toda uma gama de azuis.

Deste homem formoso, nos sobram shapes desformes, nelas resgatamos seu despojamento e um certo desleixo com a vida: tudo largo, tudo solto, tudo deixando acontecer.

O cinema ganhou um ídolo, os jovens, uma eterna identificação. Sua obra foi parte de sua personalidade e nós, juntamente com a Moda, aplaudimos o mito.

Biografia

“James Byron Dean (Marion, Indiana, 8 de Fevereiro de 1931 – Salinas, Califórnia, 30 de Setembro de 1955) foi um ator estadunidense. É considerado por muitos como um ícone cultural, como a melhor personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 1950.” (Veja biografia de James Dean na Wikipédia“)


James Dean ajudou a popularizar a t-shirt e a calça jeans – Fotos de HJI e So Net


James Dean com ares clássicos – Fotos de True Fresco e Cool Men’s Hair


James Dean em “Assim Caminha a Humanidade” – Foto de Flattland


Cena de “A Leste do Éden” – Foto de Taschen

James Dean em teste de cena para “A Leste do Éden”

Tributo a James Dean –  Trechos de filmes

Por Queila Ferraz

Sobre Queila Ferraz

Queila Ferraz, Coordenadora Geral do Curso de Design de Moda da UNIP, foi professora da Universidade Anhembi Morumbi e dos cursos de pós-graduação de Moda do Senac. É historiadora de moda, especialista em processos tecnológicos para confecção e consultora de implantação para modelos industriais para a área de vestuário.
Esta entrada foi publicada em História da Moda e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.