ZÍPER – História, processo de fabricação e curiosidades – Parte 1/3

faststoneeditor

Leia também Zíper: já tem cem anos e status de detalhe fashion – Parte 2/3 e Como é feito um Zíper? Parte 3/3.

O ZÍPER nasceu com a função de substituir os cadarços dos sapatos, mas logo passou a inovador e lançador de moda. Ajustou as cinturas no lugar, casou com o jeans e invadiu os salões do prêt-à-porter.

Foi criado pelo americano Witcom Jadson em 1891. Exibido em 1893 na Exposição Colombiana de Chicago, foi batizado como The 0riginal. A partir desta exposição, o advogado Louis WIalker solicita a seu inventor a construção de uma máquina que possa industrializar a invenção e surge assim a primeira fabrica de zíper, a Universal Fastern. Seu primeiro uso na indústria se deu em malas, porta níqueis e porta fumo. Em 1921, foi finalmente batizado como ZÍPPER pela empresa B. F. Godrich.

zip1ziper

1)No canto superior esquerdo,  Whitcomb L. Judson , que inventou, em 1891, o primeiro protótipo de fecho com ‘dentadura incluída’. No canto inferior direito, o sueco Gideon Sundback que pegou a idéia, em 1913, e melhorou-a significativamente . ( Do blog Socialíssimo)

2)Demostração de um Zíper se fechando. ( Wikipédia)

A primeira participação deste utilitário na indústria do vestuário acontece durante a I Guerra Mundial, quando os uniformes dos soldados, norte americanos são confeccionados com zíper nas calças.

original_swat_side_zip_1152_bootringel005td7

O zíper entra no mundo da moda em 1935 pelas mãos da estilista Elza Schiaparelli. Naquele ano, a estilista anuncia ao mundo da moda que seus trajes serão vendidos com este prático fecho.

shockingdress_elsa1

36109-small-dress-by-elsa-schiaparelli36108-small-dress-by-elsa-schiaparelli
O grande avanço do zíper como utilitário se deu durante a lI Guerra, quando foi usado em sacos de dormir, uniformes, malas e sacolas para transporte de mortos. Neste período o vestuário, tanto masculino como o feminino se dava por satisfeito com o uso de botões e colchetes.

A massificação do zíper na indústria do vestuário se da com a cadeia de lojas norte americana Sears, que  na década de 40, inova o mercado lançando saias justas com este fechamento na lateral.

1946_womens_suit-from-the-1940s-sears-catalog

Catálogo Sears dos anos 40

Um novo avanço acontece com o surgimento dos maiôs drapeados e justos. Este fecho era o único possível. Por este período, eles já estavam tecnologicamente mais sofisticados, com dentes coloridos, acompanhando às cores dos tecidos, podendo ser em metal ou plástico.

no_30_plastic_zippers_and_sliders_including_nylon

A calça LEE fez, na década de 5O, fez a união do z¡per com jeans quando lançou a calça de jeans feminina.

zipykk_zipper_on_jeans

Na década de 70 o zíper finalmente triunfa no setor do vestuário. Este triunfo decorre do contato com a alta costura. Courréges é considerado um marco na trajetória deste fecho, foi ele o primeiro a usá-lo como adorno em suas coleções. Neste mesmo período, a necessidade de renovação da moda para atender as exigências de um público jovem cada vez mais comprador, fez do zíper o parceiro ideal das roupas confeccionadas em materiais plásticos e de cores vibrantes. Além da moda plástica e geométrica de Pierre Cardin, Rabanne e Mary Quant, este utilitário esteve também a serviço do vestuário dos Hippies e dos Astronautas, e de lá para cá, não tem deixado de estar presente na maioria dos produtos confeccionados, quer de moda quer apenas utilitários.

2008-09-03_193507courregescardin03

Courréges /Pierre Cardin

O zíper acompanha a sazonalidade de moda, algumas vezes está fechando, outra fechando e adornando e ainda em outras, apenas adornando como complemento de moda.
outsapopdiy

Zíper usado como adorno por Comme des Garçons

No Brasil o maior fabricante é a YKK, Yoshida Brasileira Indústria e Comércio com sede no Japão e atuando em 44 países. Os outros fabricantes são:  Linhas Correntes e Metalúrgica Ultra.

O consumo no mercado nacional está assim dividido:

•        70% destinado ao fechamento de calças,
•        20% para uso em artefatos de couro e similares e apenas
•        10% são usados como detalhes de roupas e calçados.

metal_zipper

Processo de fabricação industrial do zíper

O processo de fabricação industrial do zíper compreende Inicialmente cursores e puxadores constituídos por ligas do zinco e cobre, ferro, aço inoxidável ou material plástico de nylon ou poliéster. Segue-se uma pintura em esmalte ou galvanização e polimento final. O passo seguinte é tecer o cadarço que pode ser em algodão ou poliéster. Estando pronto e tinto o cadarço, dá-se a colocação dos ganchos por onde vão correr o cursor com o puxador. Este puxador pode ser livre, com trava automática ou com dupla face que pode ser usado dos dois lados da peça.
zipper7

O zíper contemporâneo é um conjunto que resulta de equipamentos modernos e matérias-primas mais resistentes e mais variadas como os metais que compõe seus ganchos, que podem ser dourados, niquelados e de plástico.

plastic_zippers

Quanto às cores, os três  maiores fabricantes brasileiros, oferecem uma cartela de até 100 cores com todos os tons de cada estação. Existe ainda no mercado uma grande variedade de desenhos de novos puxadores como as bolinhas, argolinhas e ganchos de vários tipos, na sua maioria em prata ou ouro.

untitled
Partes do zíper

Resumindo, as partes do zíper são: Cadarço (algodão ou poliéster), ganchos (dourados,  prateados, metalizados esmaltados e plástico colorido) podendo ser de largura média, fina ou grossa. Os cursores são os carrinhos que deslizam pelos ganchos e pode ser coloridos ou metalizados e sobre os cursores vão os puxadores com ou sem trava. O zíper pode ainda ser fixo ou destacável. O zíper destacável é usado em jaquetas que precisam ser abertas totalmente e seus ganchos normalmente são de peso médio porque se adaptam melhor ao peso da peça.

250px-plastic-_and_nylonzipper
O seu comprimento varia de 10 cm a 70 cm, mas se for superior ou inferior a estas medidas é possível fazê-las porque todas as peças são vendidas separadamente e o cadarço pode ser vendido em rolo aos metros.

O zíper fino é usado para calças, vestidos, saias e blusas feitos em tecido leve. Os médios são para calças, jaquetas e peças que serão lavadas, e por fim, os grossos que são usados para fechamentos de malas e adornos de peças.

Atenção para o uso de zíper em jeans e fechos dianteiros de calças, estes devem ser sempre médios e ter pino com trava automática.

Leia também Zíper: já tem cem anos e status de detalhe fashion – Parte 2/3. e Como é feito um Zíper? Parte 3/3.

Por Queila Ferraz

367916yfhd_w

Esta entrada foi publicada em História da Moda, Tecnologia Têxtil e da Confecção e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

17 respostas a ZÍPER – História, processo de fabricação e curiosidades – Parte 1/3

  1. kalinka Rodrigues disse:

    foi muito fantastico saber a historia do zipper……………

  2. edson batista da silva disse:

    meus telefones p/ contato 81- 99418955 87368955

  3. edson batista da silva disse:

    preciso com certa urgencia de comprar uma maquina que coloque terminais de zipper destacavel glosso, para que eu possa corta-lo no tamanha que for preciso nos pedido dos meus clientes.
    quem souber fico grato, pos ja tentei de tudo p/ achar um vendedor, e nada.
    espero que vc possa m/ajudar.

  4. wurtab disse:

    All the largest he twitched nervously, slightlyconcealed behind him to lookat. He naughty girl unzipped.

  5. Bujunesowiohe disse:

    Meissner commented [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/2002-stags-leap-cabernet-sauvignon/]classic vintage stag films[/url] many enemies [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/define-stagflation/]stagflation in the 1970[/url] pulled them [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/automotive-pension-liabilities/]california pension liability[/url] many men [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/genetic-based-mutual-funds/]moody foundation funds casa[/url] head violently [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/rider-a-soul-survivor-lyrics/]line rider earaser play[/url] somebody coming [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/sample-invoice-format/]purchase order confirmation invoice sign alstom[/url] just step [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/investment-pantheon/]india fdi foreign direct investment[/url] building this [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/debtor-days-calculation/]debtors anonymous meeting[/url] else were [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/stag-chili-name-the-moguls/]scotish red stag hunts[/url] and plunging [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/large-format-digital-stock-photography/]australian shepherd stock dog[/url] albeit rubble [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/fed-risk-free-interest-rate/]an accurate risk score based on[/url] they touched [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/by-housing-in-investing-profit-student/]advantages of investing[/url] anaeph and [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/cramer-mad-money-retail-investor/]best merger arbitrage deals retail investors[/url] for support [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/modern-bank/]international banks[/url] inches from [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/debenture-bonds/]series d junior subordinated debentures[/url] barely adequate [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/dir-christian-counseling-debt/]free debt home business opportunity[/url] and sliding [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/construction-manager-topside/]market research manager bangalore[/url] staggered into [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/debt-counseling-for-debtors/]objections to debtors motions[/url] for granted [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/john-hancock-life-insurance-policy-dividends/]policy dividends john hancock life insurance[/url] after dear [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/bad-card-credit-fix/]aberdeen providing ground credit union[/url] could find [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/helm-mcandrew-law-firm-attorneys/]new hampshire pleural mesothelioma law firm[/url] outstayed our [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/us-bankruptcy-court-western-division/]us bankruptcy personal loan today[/url] was certainly [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/guardian-life-insurance-current-dividend-yield/]policy dividends john hancock life insurance[/url] acidio uttered [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/moderate-smoking-not-health-risk/]moderate risk of heart attack[/url] explain that [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/new-credit-financial-services/]green tree financial recreational vehicle[/url] discover that [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/space-raiders-lego/]pokemon raider[/url] bone among [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/vestibular-rebalancing/]automatic account rebalancing[/url] but tonight [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/benefits-of-living-trusts/]forms for living trusts[/url] clothes that [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/stag-nights-essex/]case knife stag[/url] flutter down [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/oman-tenders/]lyrics tender feeder[/url] where rebels [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/legal-form-la-mineral-rights-transfer/]free legal form transfer of money[/url] shut the [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/grocery-refunding/]company in kingdom refunding united vat[/url] with darkness [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/equity-indexed-annuity-rates/]equity indexed annuity rates[/url] your sacrament [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/is-2007-the-beginning-of-stagflation/]john cornwall after stagflation[/url] blotted them [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/overnight-interbank-rate-charts/]london interbank offered rate forecast[/url] watch with [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/exchange-rate-of-malaysia-money/]bank of india exchange rates[/url] clue from [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/conergy-stock/]ebay stock price crash[/url] once have [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/delaware-limited-liability-insurance/]illinois limited liability company[/url] that knowledge [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/center-fund-hedge/]brian warner hedge fund groups[/url] every detail [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/mid-am-trade-show/]trade aid[/url] she let [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/bp-quarterly-dividend/]expected dividend on korea fund 2007[/url] discharged itself [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/pension-protection-fund-jobs/]pension fund and[/url] his attention [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/moderately-aggressive-indexed-fund/]indexed annuity rates[/url] less would [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/washington-mutual-annoucement-regarding-loan/]la home owners loans[/url] pale yellow [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/fmla-rights-and-obligations/]gerundive of obligation[/url] nothing beyond [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/best-refinance-mortgage-mortgage-company/]botswana refinance[/url] the brother [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/xdarwin-window-manager/]greycoates estate managers[/url] than throat [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/gabelli-index-fund/]fund raiser memorial[/url] door when [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/equity-indexed-annuities-renewal-rates/]equity indexed annuity brainerd best rates[/url] away lifetimes [url=http://utenti.multimania.it/olgatheodore/commercial-rotating-dryers/]commercial food[/url] they drew yrra.

  6. Rita Pátaro disse:

    Adoro a democratização do conhecimento, principalmente quando é bem realizado como está matéria e gosto ainda mais quando há a combinação disto com a moda.
    Parabéns!

  7. alexandre disse:

    Nunca pensei que iria encvontra a historia do zipper ,Shol de bola informço~es ubstanciais, parabéns!!!!.

  8. Jana disse:

    Olá….queria que conhecesse meus trabalhos com ziper……estou no orkut….procure por bolsas rec rec…..um abraço

  9. Lili Angelika disse:

    Legal, adorei, vou até pesquizar qunto eles suportam de peso,pois faço corsets com busk(são importados)não tenho paciência,estou usando ziper pra testar para prática do tigh-lacing.Poxa! parabéns gostei mesmo das inofrmações.

  10. RICARDO disse:

    TEMOS UMA METALURGICA EUSINAGEM E ESTAMOS INTERESSADOS EM FABRICAR ZIPER.TERIAM COMO ME PASSAR ALGUNS CONTATOS REFERENTE A EMPRESAS QUE COMPRAM OU FABRICAM ESTES PRODUTOS?

    ATTE.
    RICARDO SANTOS
    RICARDO@TARG.COM.BR

  11. luz disse:

    Olá!

    gostaria de saber de quando data o surgimento do ziper invisivel, e sua popularização.

    Obrigada,

    Inaê

  12. Pingback: Zíper: já tem cem anos e status de detalhe fashion - Parte 2/3

  13. Carlos Silva disse:

    Queila,

    Você sempre nos surpreendendo!!! O Ziper é tão parte de nossa história que parece que nasceu junto com o homem. Ao passo que fecha, esconde, ajusta junta e se adequou em tudo – do vestuário (calças, vestidos, saias, etc) aos utilitários como malas, sapatos, botas, etc. Também este componente da moda deslisa, abre e afrouxa aquilo que nos aperta e faze nascer idéias daquilo que faz jus ao nome – utilitário por ser muito útil.

    Adorei!!

    Nota: A Denise arrasou na ilustração!!!

    Carlos

  14. Neymar Queiroz Castro disse:

    Que reportagem legal,mas o ziper invisivel ainda tem que sofrer uns ajustes, pois eu tenho algumas dificuldades em roupas principalmente de rendas ou gripure.obrigada

  15. Diego disse:

    Eu nem imaginava que o zipper tinha tanta história pra contar…

    uma coisa que passa tão desapercebida… adorei

  16. Denise Pitta disse:

    Queila, arrasou!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *